Fórmula A1

Depois de “Um outro campeonato da segunda circular”, voltamos a olhar para as gasolineiras, mas desta vez na A1.

A A1 é uma das vias centrais do país e uma das que maior tráfego tem diariamente. Segundo o IMT, só em Março de 2017 são vários os sublanços com um tráfego médio diário a rondar as 100 mil viaturas.

No que diz respeito às gasolineiras, existem 6 zonas com estações de serviço para os três operadores: BP em Santarém e na Mealhada, Galp em Aveiras e Pombal, e a Repsol em Leiria e Antuã.

Quem está na Pole-Position?

Para o período de Abril a Junho (Q2.2017), foi avaliada uma amostra de dados TomTom de tráfego nas gasolineiras de cerca de 89 mil viaturas.

Neste período, a quota de tráfego nas gasolineiras divide-se da seguinte forma:

  • Aveiras, 20.4%
  • Santarém, 19.3%
  • Antuã, 18.9%
  • Mealhada, 16.6%
  • Pombal, 16.0%
  • Leiria, 8.8%

Isto significa que a quota de tráfego por operador é:

  • Galp, 36.4%
  • BP, 35.8%
  • Repsol, 27.7%

Que localização leva mais condutores às Boxes?

Mas a análise da quota de tráfego não pode ser dissociada do volume de tráfego uma vez que este não é igual em todos os sublanços. Que localização “converte” mais tráfego da A1?

As estações de serviço de Pombal e Mealhada conseguem levar à estação de serviço 10% do tráfego que passa por elas na A1.

Segue-se Santarém a “desviar” 9% do tráfego que passa na sua zona, assim como Antuã e Aveiras que conseguem 8% do tráfego da sua zona.

Finalmente, a estação de Leiria apenas consegue “mudar a direcção” a 5% do tráfego da A1 na sua zona.

As estações de serviço têm o mesmo comportamento nas duas voltas da corrida?

Tanto no sentido Norte-Sul como Sul-Norte não existem diferenças significativas no tráfego em Santarém, Pombal, Mealhada ou Antuã. Qualquer destas mantém os mesmos níveis de tráfego nos dois sentidos.

Porém, tanto para Aveiras como para Leiria a realidade é diferente! Para estas, o sentido Sul-Norte é o que apresenta melhor performance! Aveiras consegue mais 44% de tráfego no sentido Sul-Norte do que no sentido Norte-Sul, enquanto Leiria consegue no mesmo sentido Sul-Norte, mais 70% de tráfego.

Este fenómeno transforma a estação de Aveiras Sul-Norte na melhor estação de serviço da A1, e a estação de serviço de Leiria Norte-Sul na pior em termos de quota de tráfego.

Localização é performance!

Nesta publicação e no “Um outro campeonato da segunda circular” olhámos para as gasolineiras.

E no seu caso? A localização também pode ser um factor de performance? E a localização da concorrência?

As próximas publicações serão dedicadas a outros sectores. Gostava que fosse o seu? Se sim, faça uma sugestão.