Operational Excellence by Knowledge

Principais conclusões do estudo Manutenção Inteligente 2016As funções operacionais são o motor do negócio! Pela complexidade dos mais diversos modelos de negócio e porque “o que não consegue ser medido, não consegue ser gerido”, as Operações têm nos últimos anos vindo a apostar na sistematização da informação. Hoje, de uma forma geral, as organizações estão dotadas dos mais sofisticados sistemas de informação que lhe possibilitam uma gestão e controlo mais eficiente dos processos operacionais. Pela sua própria natureza, esta área funcional é uma fonte geradora de informação que tende a crescer exponencialmente. No contexto económico atual com forte pressão sobre os custos de produção, as Operações são confrontadas com um novo desafio – Transformarem-se! De um centro de custos para uma fonte de criação de valor. É na resolução deste desafio que adotar uma estratégia knowledge-based constitui um fator diferenciador. Se os sistemas de informação contribuem para ganhos de eficiência, uma estratégia analítica baseada no conhecimento permite ganhar eficácia operacional rumo à excelência.Grafico 1 Operacional excellence by knowledge São múltiplas as áreas de atuação onde a análise preditiva e a PSE podem acrescentar valor aos processos operacionais:

  • Manutenção industrial
  • Distribuição
  • Processos e performance
  • Qualidade

ENGAGEMENT MODEL

Os processos de natureza analítica podem assumir diferentes especificidades e caraterísticas em função dos objetivos de negócio. Nesse sentido, para ir de encontro às necessidades dos nossos clientes, desenvolvemos a nossa atividade em torno de três modelos de relação:

  • Project-based Quando o âmbito é bem definido, claro e com entregáveis precisos e a PSE assume a liderança, a gestão e o controlo do projeto.
  • Retainership Os consultores PSE integram e complementam uma equipa analítica do cliente e trabalham sob a sua orientação. Neste modelo é tipicamente estabelecido um contrato por um período de tempo.
  • Analytics Partnership Criação de uma parceria para abordar diversos projetos relacionados com diferentes áreas e problemas de negócio para as quais o cliente pretende desenvolver aproximações analíticas e baseadas no conhecimento. Neste modelo é tipicamente estabelecido um acordo de parceria por um período mais alargado de tempo.

METODOLOGIA

A experiência da PSE, no mercado nacional e internacional, na implementação de soluções de negócio e na prestação de serviços de consultoria, o seu know-how e as melhores práticas convergem na metodologia PSE. A implementação de uma estratégia Knowledge-based deve passar por uma etapa de conhecimento: Perceber ! Esta etapa materializa-se num levantamento organizacional de processos, recursos e objetivos para que estes possam constituir a informação base para o desenvolvimento de um estudo estratégico e de um plano de ação: Solucionar ! Finalmente, a etapa final prende-se com a concretização da referida estratégia e plano de ação: Executar ! A realização do assessment inicial é essencial para a implementação da estratégia knowledge-based porque é aqui que se produz informação sobre:

  • Os benefícios da gestão do conhecimento.
  • As categorias, os tipos e as formas de conhecimento.
  • A adequabilidade, a prontidão, a aptidão e as necessidades de gestão do conhecimento (em função do estádio atual da sua organização)
  • A construção de um roadmap para a transformação para alcance dos objetivos de negócio e para criação de valor.